facebook  instagram
Rua 9-B nº 129 Ed. Centro Médico Saulo Lopes de Moraes, 5º andar, Setor Oeste, Goiânia-GO
CENTRAL DE ATENDIMENTO:
(62) 3224-0848 / (62) 8317-4447

Artigos

Avaliação neuropsicológica: O que é isso?

dicas-musculacao-corrida
Os primeiros relatos de distúrbios relacionados à cognição tiveram início acerca  de 3500 anos a.C., como foi observado nas descrições dos papiros de Edwin Smith. No entanto, o termo Neuropsicologia foi utilizado oficialmente, pela primeira vez, em 1913 
em uma conferência realizada nos Estados Unidos. A partir dessa época, a propagação dessa ciência vem aumentando consideravelmente, principalmente a partir dos anos 40. 
 
Atualmente, a demanda nos consultórios é grande, e as pessoas relatam as mais variadas dificuldades cognitivas, essas queixas se dão conforme a origem do acometimento, a faixa etária e a demanda ocupacional e funcional de cada cliente/paciente. Desse modo, 
tem trazido prejuízos à vida do indivíduo em suas atividades laborais, acadêmicas, sociais e até emocionais. Quando se trata do público infantil, geralmente a problemática está relacionada a dificuldades escolares, tanto no que se refere aos problemas de aprendizagem dos conteúdos ministrados na sala de aula, quanto a problemas de comportamento; algumas se apresentam extremamente apáticas e quietas com pouca interação social, outras se mostram agressivas, inquietas e desajustadas socialmente, apresentando, portanto, excessos. 
Já com a população adulta, as demandas mais comuns estão relacionadas ao baixo desempenho no trabalho ou escola/faculdade, dificuldade em se concentrar ou não possuir a capacidade de memorização desejada. Além disso, é frequente, também, a  lentidão e a falta de clareza no raciocínio. Quanto aos idosos, à queixa que mais aparece 
é a do “esquecimento”, principalmente dos fatos mais recentes. Essa é uma queixa universal entre este público, mesmo naqueles que mantêm uma vida intelectual e social As condições clínicas descritas anteriormente afetam o sistema nervoso central e repercutem na cognição, gerando estas e inúmeras outras queixas. Podemos enfatizar  como as mais comuns: os transtornos de aprendizagem e atraso no desenvolvimento, no caso das crianças; já em adultos, geralmente os acometimentos se dão por estresse, transtornos psicológicos, lesões cerebrais (AVE, traumatismos, tumores), e por uso de medicações que acabam afetando o sistema nervoso central, como, por exemplo, os antidepressivos e as anfetaminas. Os idosos podem ser acometidos por demências diversas, Parkinson e alterações vasculares, além de declínio cognitivo por 
envelhecimento normal. 
Portanto, uma avaliação neuropsicológica deve ser realizada para auxiliar nas diversas questões diagnósticas, que objetivam saber qual o problema do paciente  e como ele se apresenta. Com a conclusão do diagnóstico, o profissional passa a pesquisar o prognóstico, onde se deseja estabelecer o curso da evolução e o impacto que a desordem terá a curto, médio e longo prazo. Ao estabelecer a relação entre o comportamento e o substrato cerebral, a avaliação neuropsicológica possibilita a orientação para o tratamento mais adequado, pois é possível identificar quais são as 
forças e fraquezas cognitivas, e então prover uma espécie de “mapa” capaz de auxiliar no planejamento de uma reabilitação cognitiva, por exemplo. A psicoterapia também vem a ser uma das grandes aliadas à maioria dos casos, levando o paciente a apresentar uma melhoria em seu quadro, caso se submeta a ela.  
 
Dra. Letícia Guedes
Psicóloga Clínica
Analista do Comportamento
Especialista em Terapia Comportamental – Cognitiva
Mestre em Psicologia
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
 
Dra. Andréia O. do Carmo
Psicóloga – neuropsicóloga
Especialista em Neuropsicologia
Especialista em Reabilitação Cognitiva
www.facebook.com/vivencialle
www.clinicavivencialle.com.br
  • Rua 9-B nº 129 Ed. Centro Médico Saulo Lopes de Moraes, 5º andar, Setor Oeste, Goiânia-GO
    CENTRAL DE ATENDIMENTO:
    (62) 3224-0848 / (62) 8317-4447